21 de abril de 2015

Reflexões sobre o Mal


Nada Fiz para merecer um anjo
“Vê aquele homem santo,humilde, caminhando pela estrada?”,disse um demônio para o outro. ‘‘Pois vou até lá conquistar sua alma.”
‘‘Ele não lhe dará ouvidos, porque só presta atenção em coisas santas”, respondeu seu companheiro.
Mas o demônio, ardiloso como sempre, vestiu-se como o Arcanjo Gabriel e apareceu para o homem.
‘‘Vim para ajudá-lo”, disse.
‘‘Talvez você esteja me confundindo com outra pessoa”, respondeu o santo homem. ‘‘Nunca em minha vida fiz nada para merecer a visão de um anjo.”
E continuou seu caminho, sem saber do que havia escapado.



Por Paulo Coelho

Adicionar legenda

Nenhum comentário:

Postar um comentário